Cia da Polícia Militar de Campo Novo do Parecis é agora 16ª Cia Independente

A gestão dos parlamentares camponovenses foi fundamental para o sucesso neste processo

 

 

 

A gestão incisiva da Poder Público, bem como do Legislativo Municipal, através do presidente da Casa, vereador Wagner Tavares e vereadora Rosinha Colombo, com apoio do deputado estadual Sebastião Rezende, em visita recente ao Coronel PM Jorge Luiz – Comandante Geral da PM-MT, resultou na tão esperada elevação da Cia de Polícia Militar de Campo Novo do Parecis, para a 16ª Cia. Independente. A notícia foi oficializada na tarde desta quinta-feira, 04, ao prefeito Municipal Rafael Machado que está na capital mato-grossense para várias audiências.

 

Destacando a importância deste feito, a elevação incidirá positivamente para a Corporação em vários aspectos, pois a mesma passará ter mais autonomia administrativa, agilidade nas decisões, aquisição de materiais, equipamentos, veículos e armamentos. O ponto mais relevante de todos é que com a transformação haverá o aumento gradativo no efetivo policial, o que certamente incidirá com o importante avanço na melhoria no setor da segurança pública no município.

 

Outro fato que merece destaque é a indicação n° 068/2017, de autoria dos vereadores Wagner Tavares, Rosinha Colombo, Marcio Nascimento e Vanderlei Baioto, que visa à destinação de área para construção dos prédios para abrigar a sede da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e POLITEC. Em resposta ao pleito o Governo Municipal acenou positivamente, já tendo visado, inclusive, a área a ser destinada para esse fim.

 

 

 

Parlamentares de Campo Novo do Parecis e Sapezal cobram medidas para MT-235

A referida rodovia está em estado crítico, praticamente intrafegável em alguns pontos

Aproveitando a presença de representantes do Estado durante a Parecis Super Agro, vereadores de Campo Novo do Parecis e Sapezal, juntamente com os respectivos prefeitos, participaram de reunião com as autoridades estaduais visando reivindicar providências urgentes quanto a situação caótica em que se encontra diversos trechos da MT-235 que liga os dois municípios. Cobranças já foram feitas em outras oportunidades junto a Secretaria de Infraestrutura do Estado, no entanto, até o momento o representante da pasta não havia dado respostas para a vicissitude.

  

Durante a reunião Marcelo Duarte secretário de Estado de Infraestrutura, explicou que o governo tem, na medida do possível, recuperado algumas rodovias que se encontravam em situações piores do que a MT 235, porém Duarte informou que a ordem de serviço já foi expedida e a partir deste mês duas equipes deverão iniciar o trabalho de recuperação dos trechos mais críticos primeiramente, e em segundo momento a recuperação da rodovia em sua totalidade.

Segundo Carlos Favero, vice- governador, o Estado vem atendendo as demandas de recuperação de rodovias, e o fato de a MT-235 não estar nos planos de recuperação emergenciais é devido ao fato de que outras rodovias estavam em situação mais periclitantes, e pediu paciência a comunidade da região, garantindo a execução dos trabalhos.

O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande, aproveitou a oportunidade para questionar os repasses que os municípios recebem do Estado, questionando o quanto é descontado e que o retorno é pequeno, referindo-se ao FETHAB, haja vista que vista que os maiores produtores arrecadam grandes montantes, mas são prejudicados pela forma como é feita a divisão, e municípios que não produzem para gerar essa receita, acabam sendo socorridos com parte dos recursos desse Fundo.

O vereador Milton Soares, destacou que já foram feitas diversas cobranças junto ao Estado para que a região seja atendida com a recuperação deste trajeto, principalmente porque a degradação destes trechos está colocando em risco vidas e prejudicando a economia local.

O presidente do Legislativo Municipal, Wagner Tavares, disse que a partir das afirmativas do vice-governador e do secretário, os vereadores farão gestão para que o que ficou acordado seja cumprindo. “Com certeza não podemos ser tolerantes com a atual situação em que a MT-235 se encontra, pois essa é uma importante rodovia que dá acesso a outras regiões do estado. Não admitiremos diversionismo sobre a demanda, cobrando para que essa restruturação seja viabilizada”, finalizou o presidente.

 

 

 
 

Inicia a 10ª edição da Parecis Super Agro

A solenidade contou com a presença de autoridades locais e estaduais

O ano de 2017 é marco histórico para a Parecis Super Agro, que chega a sua 10ª edição. Um sonho que teve inicio em 2007 com a elaboração do projeto para implementá-lo, tendo a frente o saudoso produtor rural e presidente do Sindicato Rural na ocasião, Odenir Ortolan. Durante esses dez anos, os números só apresentam crescimento, um salto de R$20 milhões em negócios e a visitação de 3.200 pessoas na primeira edição, para aproximadamente R$147 milhões em negócios e a visitação de cerca de 40 mil pessoas na 9ª edição. Na solenidade de abertura da 10ª edição a atual presidente do sindicato Rural, Giovana Velke, destacou esses números e a obstinação e dedicação dos homens e mulheres que deram início a esse sonho que hoje se consolida como a maior feira agrotecnológica de Mato Grosso e como uma das melhores do país, fazendo do município de Campo Novo do Parecis uma vitrine do potencial agropecuário. A presidente comentou ainda sobre as novidades da feira deste ano e das expectativas de superação de resultados. “Buscamos a cada ano inovar, e a 10ª edição não será diferente. Esperamos que os números continuem surpreendendo as expectativas e continuemos quebrando recordes”, destacou a presidente.

      

A primeira palestra do evento, ocorrida antes da solenidade de abertura, foi ministrada pelo jornalista Willian Waack, que abordou o tema “Cenário Econômico e Político: Onde Estamos e para Onde Vamos?”. Em entrevista Willian Waack abordou a atual situação política do país frisando que espera que haja uma solução para essa toda essa problemática. “Eu tenho esperança que esse cenário atual mude, assim como a grande maioria das pessoas. No entanto, acredito que isso não deverá acontecer antes das eleições de 2018”, explicou Willian.

O governador do Estado Pedro Taques não pode estar presente na abertura da feira, e foi representado pelo vice-governador Carlos Fávaro. Na ocasião o gestor comentou a atual situação do setor pecuário e sobre as medidas que estão sendo adotadas pelo governo para conter essa crise. “É preciso que neste momento de tensão, o produtor tenha cautela nos investimentos. Desta forma acredito que superaremos mais essa crise assim como já superamos outras por preços reduzidos e falta de mercado. É preciso que haja a separação do que é corrupção que precisa ser punida, mas não se deve colocar em “cheque” o sistema sanitário eficiente como o Brasil tem e a qualidade de nossa carne”, argumentou Fávaro.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Wagner Tavares, representou o Legislativo na solenidade de abertura, e frisou o apoio irrestrito da Câmara Municipal. “Com certeza a Câmara Municipal não poderia ficar alheia e mais vez apoiamos a realização da Parecis Super Agro, pois sabemos a importância deste evento para o nosso município”, finalizou o presidente.

Lançada a Campanha “Drogas, Aprenda a Dizer Não”

A solenidade de lançamento ocorreu na manhã desta sexta-feira, 07, no Plenário da Câmara Municipal


Objetivando a prevenção e conscientização sobre a imensurável problemática das drogas, lícitas ou ilícitas, o Ministério Público, através da Promotoria de Justiça de Campo Novo do Parecis, em parceria com Executivo, Legislativo e Conselhos Municipais, lançou na manhã desta sexta-feira, 07, a Campanha “Drogas, Aprenda a Dizer Não”.

O lançamento foi conduzido pelo promotor de justiça Dr. Luiz Augusto Ferres Schimidt, que está à frente da campanha, e apresentou às autoridades e a comunidade que esteve presente no evento, documentário produzido e editado pela Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal, com depoimento de ex-usuários e familiares, que relataram um pouco dos enormes perturbações causadas pelo uso de drogas.

Na ocasião foram colhidas sugestões para alavancar a campanha e disseminar da melhor forma possível à ideia, e a comunidade participou ativamente neste sentido. Dentre os eventos que farão parte do cronograma estão a realização de palestras nas escolas, que serão conduzidas não por apenas um palestrante, mas por equipes formadas por profissionais de diversas áreas que tem ligação com o tema, caminhada pelas principais ruas da cidade, concurso com premiação para a melhor frase sobre o tema, que será realizado com alunos das escolas do município, dentre outros. O cronograma ainda não está finalizado e poderão surgir novas ações para incrementar a campanha. O Dr. Luiz Augusto dissertou sobre o lançamento e as pretensões futuras. “Nossa intenção inicial era realizar a campanha durante 2017, no entanto o prefeito municipal já se comprometeu em apoiar a iniciativa durante os quatro anos em que estiver à frente do Executivo Municipal. Nosso principal intuito é atingir de forma incisiva as crianças e adolescentes com medidas preventivas para que não entrem nesse caminho - geralmente sem volta -, pois a prevenção sai mais barato e é menos dolorosa que repressão”, concluiu Dr. Luiz Augusto.

A Câmara Municipal, não se isentou em apoiar e participar da campanha desde que foi convidada pela Promotoria, foi o que salientou o presidente da Casa, vereador Wagner Tavares. “Com certeza a Câmara Municipal não poderia ficar alheia em uma Campanha de suma importância como essa. Trabalho com segurança pública há mais de 20 anos em Campo Novo do Parecis, e constatei nesses anos que as apreensões de drogas estão ascendendo de forma assustadora, e a comunidade precisa estar alerta para essa fato e contribuir com essas medidas preventivas propostas por essa campanha”, relatou o presidente.

O prefeito Rafael Machado, enfatizou o problema social e de saúde pública que o uso de drogas reflete para comunidade, destacando ainda os custos que os tratamentos geram para o município. “Um dependente químico custa aos cofres públicos cerca de R$2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), mensais. Um recurso que poderia ser utilizado em outras áreas. Não podemos esquecer ainda que esse problema reflete em toda a comunidade, devido isso as ações de prevenção são de extrema importância”, finalizou o prefeito.

Vereadores realizam a primeira sessão do mês de abril

Em pauta no pequeno expediente apenas uma indicação e no grande expediente cinco requerimentos

Foi realizada na noite da última segunda-feira, 03, a primeira sessão ordinária da Câmara Municipal. Em pauta no pequeno expediente a indicação que versou sobre a necessidade da adoção de medidas para controle e combate de infestações por pombos em escolas municipais.

No grande expediente figuraram os requerimentos n° º020/2017, de autoria dos vereadores Cicero dos Santos, Renata Franco, Milton Soares, Dionardo Mendes da Conceição e Gilberto Vieira de Melo, que requerem ao senhor prefeito, o encaminhamento à Câmara Municipal, informações acerca da demanda reprimida para exames de tomografia e raio x na rede de saúde pública municipal; nº 021/2017, de autoria dos vereadores Cicero dos Santos, Renata Franco, Milton Soares, Dionardo Mendes da Conceição e Gilberto Vieira de Melo, que requerem ao senhor prefeito, que este expediente seja encaminhado ao Exmo. Prefeito Municipal Sr. Rafael Machado, com cópia para o Secretário Municipal de Saúde Marcos Birck, a fim de solicitar a remessa a à Câmara Municipal de informações sobre as ações e programas voltados aos dependentes químicos e suas respectivas famílias, bem como sobre a quantidade de atendimentos realizados nos últimos 12 meses pela via judicial; nº 022/2017, de autoria da vereadora Renata Franco e dos vereadores Cicero dos Santos, Milton Soares, Dionardo Mendes da Conceição e Gilberto Vieira de Melo, que requerem ao senhor prefeito, que seja informado à Câmara Municipal a previsão para reabertura da Unidade de Saúde da Avenida Amapá, que atende a população do Bairro Olenka e parte da população do Bairro Jardim das Palmeiras; nº 023/2017, de autoria da vereadora Renata Franco e dos vereadores Cicero dos Santos, Milton Soares, Dionardo Mendes da Conceição e Gilberto Vieira de Melo, que requerem ao senhor prefeito, o encaminhamento à Câmara Municipal do plano de trabalho referente aos recursos recebidos via emenda parlamentar, para aplicação na Unidade Descentralizada da Fundação Centro de Reabilitação “Dom Aquino Corrêa”, nesta cidade; n° 024/2017, de autoria dos vereadores Vanderlei Baioto, Rosinha Colombo, Márcio do Nascimento e Wagner Tavares da Cunha, que requerem ao senhor prefeito, informações precisas acerca das providências que estão sendo tomadas em relação as determinações que envolvem o Processo n° 3109-64.2015.811.0050, Código: 76567, que tramita perante a Segunda Vara da Comarca de Campo Novo do Parecis-MT.
               
Na ordem do dia a discussão única do Projeto de Decreto Legislativo nº 003/2017, que concede o Título de Cidadão Honorário Camponovense ao Senhor Leandro Martins dos Santos; a discussão única da Moção de Aplausos nº 006/2017, de autoria do vereador Milton Soares e demais Vereadores, dirigida a todas as entidades que participaram voluntariamente da ação de auxílio às famílias que sofreram alagamento no Bairro Jardim das Palmeiras; a primeira discussão do Projeto de Lei nº001/2017-LE, de autoria do Vereador Dionardo Mendes da Conceição, que altera dispositivos na Lei Municipal nº 812/2001, que institui o serviço de moto-taxi no município de Campo Novo do Parecis/MT. 

A próxima sessão ordinária será realizada no dia 10 de abril a partir das 18h, desde já toda a comunidade está convidada a participar.

Endereço

Localização:

Rua Porto Velho, nº 385 NE Centro
Campo Novo do Parecis, MT
Cep: 78.360-000

Telefone:   (65) 3382 5200
Web:    www.camaracamponovodoparecis.mt.gov.br

E-mails da Câmara Municipal